Dicas de Cultivo de Catlleyas

C. intermedia
C. intermedia flamea















Não há quem não fique impressionado com a beleza extraordinária de suas flores, como uma obra de arte forjada pela natureza que encanta e exprime fascínio a qualquer admirador e colecionador.

Esse fascínio pode ser observado tanto em plantas comuns como nas mais raras. Então vamos falar sobre o cultivo da belíssima Cattleya intermedia uma orquídea brasileira que foi classificada em 1828 por Graham.

A Cattleya intermedia tem como hábitat locais com alta umidade do ar, vegetando a faixa litorânea que vai do sul do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, pulando curiosamente o estado do Paraná.

É uma planta que possuí pseudobulbos cilíndricos e levemente achatados que atingem entre 15 a 50 cm de altura. É bifoliada isto é: “com duas folhas” que são arredondadas em forma ovalada que vai de 4 a 10 cm de comprimento.

Diferenciar a Cattleya intermedia de suas primas como a Cattleya harrisoniana ou Cattleya lodigesii, não é uma tarefa fácil, porém as principais diferenças se encontram no tamanho e na forma do lóbulo anterior do labelo, tonalidade do amarelo na fauce (abertura do labelo) e perfume característico típico da espécie em questão que é uma fragrância discretamente adocicada.

As variedades que encontramos com mais facilidade a venda são as flameas e orlatas e muitos híbridos produzidos com o intuito de obter clores de expressivo valor e beleza, pelas inúmeras surpresas que esses cruzamentos trazem.

Flores

As flores variam de 6 a 13 cm de tamanho com inflorescências em algumas variedades apresentam aspecto ceroso e pétalas e sépalas quase da cor do labelo, variando do branco azulado ao vermelho púrpuro.

As flores surgem normalmente de junho a  outubro, podendo ocorrer também em meados do  verão. Chegando a apresentar mais de 10 flores  em uma única haste floral, que dura variando  conforme as condições de calor e umidade,  sendo de 10 a 30 dias.

Cultivo

As Cattleya intermedia são plantas de fácil  cultivo, se desenvolvendo bem em temperaturas  que variam entres 8º a 35ºC com sombreamento  de 40% a 50% da luz do sol.

As regas devem ser feitas sempre ao entardecer com espaço de três entre elas, verificando se o substrato está seco para assim se fazer.

Mantenha uma boa ventilação e umidade relativa do ar.

Os vasos comumente recomendados para cultivo tem entre 12 a 15 cm de diâmetro, com 8 cm de altura.

O vaso deve ter um preenchimento de 4 cm de altura de pedra brita com dreno.

A composição do substrato é uma mistura de 40% de casca de pinus, 20% de carvão vegetal e 40% de pedriscos.

Adubação

As Cattleyas intermedias respondem bem a adubos com um teor maior de Nitrogênio como adubos químicos (30-10-10) durante a fase de crescimento e fosfatados com formulação química (10-20-10) nos três meses que antecedem o florescimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular Posts